Evangelho

26 de Agosto - Ano A

Mateus 25,1-13

Aleluia, aleluia, aleluia.
Vigiai e orai para ficardes de pé ante o Filho do homem! (Lc 21,36)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 25 1 "Então o Reino dos céus será semelhante a dez virgens, que saíram com suas lâmpadas ao encontro do esposo.
2 Cinco dentre elas eram tolas e cinco, prudentes.
3 Tomando suas lâmpadas, as tolas não levaram óleo consigo.
4 As prudentes, todavia, levaram de reserva vasos de óleo junto com as lâmpadas.
5 Tardando o esposo, cochilaram todas e adormeceram.
6 No meio da noite, porém, ouviu-se um clamor: ´Eis o esposo, ide-lhe ao encontro´.
7 E as virgens levantaram-se todas e prepararam suas lâmpadas.
8 As tolas disseram às prudentes: ´Dai-nos de vosso óleo, porque nossas lâmpadas se estão apagando´.
9 As prudentes responderam: ´Não temos o suficiente para nós e para vós; é preferível irdes aos vendedores, a fim de o comprardes para vós´.
10 Ora, enquanto foram comprar, veio o esposo. As que estavam preparadas entraram com ele para a sala das bodas e foi fechada a porta.
11 Mais tarde, chegaram também as outras e diziam: ´Senhor, senhor, abre-nos!´
12 Mas ele respondeu: ´Em verdade vos digo: não vos conheço!´
13 Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.
Palavra da Salvação.



ComentÁrio do Evangelho
PRUDÊNCIA E INSENSATEZ

Jesus serviu-se de um fato da cultura da época para alertar os seus discípulos a se manterem vigilantes à espera da vinda definitiva do Cristo. O atraso do noivo - símbolo da indefinição da chegada do Messias - cria uma situação que revela o caráter de cada uma das dez moças que vieram participar da festa de núpcias.
As cinco prudentes, que providenciaram azeite de reserva para reabastecer suas lamparinas, apontam para os discípulos, cuja vivência intensa e sincera dos valores do Reino, especialmente a exigência do amor, reforça sua capacidade de esperar o Messias, embora este possa demorar. Eles têm suficiente fôlego espiritual para não esmorecer, enquanto esperam. A prudência leva-os a perseverar no amor.
As cinco insensatas, cujas lâmpadas se apagaram enquanto esperavam e não tinham como reabastecê-las, aludem àqueles discípulos que, cansados com a demora do Senhor, vêem esvair-se suas reservas espirituais. Faltam-lhes os meios para recarregá-las, pois, há muito se afastaram da misericórdia e da justiça. A chegada do Senhor pega-os despreparados para participarem com ele das alegrias do Reino.
Diante destes dois modelos, os discípulos são instados a tomar uma decisão. Jesus deseja que imitem as moças prudentes. Esta é a única maneira de não esperar em vão.

Oração
Espírito de sensata prudência, faze-me perseverar no amor, de modo a ser continuamente preparado para a longa espera da chegada do Senhor.

(O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado neste Portal a cada mês)
Leitura
1 Tessalonicenses 4,1-8
Leitura da primeira carta de são Paulo aos Tessalonicenses.
4 1 No mais, irmãos, aprendestes de nós a maneira como deveis proceder para agradar a Deus - e já o fazeis. Rogamo-vos, pois, e vos exortamos no Senhor Jesus a que progridais sempre mais.
2 Pois conheceis que preceitos vos demos da parte do Senhor Jesus.
3 Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação; que eviteis a impureza;
4 que cada um de vós saiba possuir o seu corpo santa e honestamente,
5 sem se deixar levar pelas paixões desregradas, como os pagãos que não conhecem a Deus;
6 e que ninguém, nesta matéria, oprima nem defraude a seu irmão, porque o Senhor faz justiça de todas estas coisas, como já antes vo-lo temos dito e asseverado.
7 Pois Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.
8 Por conseguinte, desprezar estes preceitos é desprezar não a um homem, mas a Deus, que nos deu o seu Espírito Santo.
Palavra do Senhor.
Salmo 96/97
Ó justos, alegrai-vos no Senhor!

Deus é rei! Exulte a terra de alegria
e as ilhas numerosas rejubilem!
Treva e nuvem o rodeiam no seu trono,
que se apóia na justiça e no direito.

As montanhas se derretem como cera
ante a face do Senhor de toda a terra;
e assim proclama o céu sua justiça,
todos os povos podem ver a sua glória.

O Senhor ama os que detestam a maldade,
ele protege seus fiéis e suas vida
e da mão dos pecadores os liberta.

Uma luz já se levanta para os justos,
e a alegria, para os retos corações.
Homens justos, alegrai-vos no Senhor,
celebrai e bendizei seu santo nome!


comments powered by Disqus

Contato

Mensagem enviada com sucesso! Aguarde que entraremos em contato.

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente.