Santuário

Estrutura do Santuário - Cristo Crucificado

A história deste crucifixo se inicia na Bélgica. Foi pedido ao escultor holandês Toon Grassns para fazer um estudo do livro de Caterina Emmerich e daquele de Pierre Barbaix – o notável cirurgião do hospital São José de Paris, que tinha demonstrado a autenticidade do Santo Sudário conservado em Torino nos anos de 1930-1940 – com a finalidade de aprofundar a paixão do Senhor. Foram fornecidos alguns critérios de fundo: o crucifixo deveria ser uma obra realística que pudesse constituir um convite à reflexão, a meditação e a conversão.



comments powered by Disqus

Contato

Mensagem enviada com sucesso! Aguarde que entraremos em contato.

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente.