Santuário

A escolha do lugar

Não me recordo se foi no mesmo dia ou no dia seguinte, fui até a frente da Catedral e, de lá pela primeira vez, notei a beleza selvagem do Monte Urucum. Situava-se entre a Serra Branca e a Serra Preta. Era o mais alto morro e, além disso, parecia ter na frente uma espécie de platô, onde provavelmente poderia ser possível construir o Santuário.

Depois de uns dias, eu quis ver o que realmente havia lá em cima. Logo cedo, cheguei ao pé da Serra do Urucu e me meti entre a capoeira e o mato. Não adianta descrever a “escalada”. Voltei para casa todo arranhado e sujo, mas muito feliz. Lá em cima, não havia na realidade uma superfície larga e plana, mas poderia ser aplainada.



comments powered by Disqus

Contato

Mensagem enviada com sucesso! Aguarde que entraremos em contato.

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente.